Minha trupe

Ontem tive em mãos e no peito, pela primeira vez, minha carteirinha dos Hospitalhaços. Esse pequeno crachá me deu uma grande alegria e aqueceu o meu coração. Causar um pouco de esperança a pessoas que precisam tanto de um carinho é algo que chega a nos emocionar. Porém, por outro lado, eu senti que a responsabilidade pesou em minhas costas. O trabalho é muito lindo, mas de um grande cuidado e sensibilidade com a vida de outras pessoas que estão passando por necessidades de afeto.

É uma responsabilidade e uma delícia. Ao ver em cada sorriso um sinal de esperança, o coração desses palhaços se inundam de alegria e conseguem ter a certeza de que a vida sempre vale a pena.

Tenho certeza que encontrei nessa minha nova trupe grandes Homens, e com letra maiúscula mesmo. Homens que se doam, homens que enxergam no outro a força da vida!

Anúncios

Sorriso do bem

Hoje o dia foi cansativo, mas muitíssimo agradável.

Participei durante o dia de hoje do treinamento de palhaço de hospital da Associação Hospitalhaços. Esse trabalho faz parte do meu TCC, no qual irei escrever um livro-reportagem da minha vivência como voluntária e perfis sobre os palhaços que já atuam há um tempo como voluntários.

Convivi com pessoas maravilhosas e tenho certeza que já cresci e tenho muito a crescer com esse trabalho e com essas pessoas maravilhosas que ajudam a tantas pessoas que, em muitos casos, só precisam de um carinho e de um sorriso.

foto: Hospitalhaços