O primeiro dia das crianças

Ontem foi o meu primeiro dia das crianças sem me sentir a mais novinha da casa. Porque sim, eu sempre fui daquelas que todo dia 12 de outubro fazia aquela graça com os pais e perguntava onde estava o meu presente!

Mas, dessa vez foi bem diferente.

Passei o dia com toda a família. Inclusive, com o primo mais novo, de cinco anos. E já que o dia era de festa, não podíamos deixar de aproveitar.

Brinquedos, sol e muito sorvete. O nosso pequeno ficou exausto. E o novo papai fez estágio com o ferinha. Levou para pescar, brincar, jogar e se divertir. Vou confessar que fico babando quando vejo o Gabriel todo empolgado e cuidadoso com as crianças, e logo fico imaginando como ele se sairá de papai. Não tenho dúvida que será super atencioso e parceiro, assim como ele é com a mamãe aqui…

Gabriel e Bruno

Tirando toda a brincadeira desse dia, para mim, e para minha família, o mais importante do dia 12 de outubro, sempre foi a comemoração de Nossa Senhora Aparecida, rainha e padroeira do Brasil. E nesse primeiro dia 12 como mamãe, eu só conseguia pensar nela e pedir para que ela iluminasse essa nova vida que está chegando e esses novos pais que estamos nos tornando.

Viva as crianças. Viva Nossa Senhora. Viva a nossa nova vida!